Bem-vindo ao site da CONFAGRI
19-08-2017 06:33
Go Search
 
 

 
Campanha da castanha está a deixar os produtores de Sernancelhe satisfeitos 

 

A produção de castanha em Sernancelhe está a ser melhor, em quantidade e qualidade, do que em 2014, disseram à agência Lusa produtores deste concelho do norte do distrito de Viseu.

«Este ano a castanha é boa, há qualidade e quantidade», frisou à agência Lusa José Augusto, que tem cerca de 50 hectares de terreno com castanheiros.

A meio da campanha deste ano, o produtor já colheu «entre sete e oito toneladas» e prevê que a quantidade duplique até ao final. «No ano passado apanhei metade e mais ruim. Este ano é de boa qualidade, pouco bichosa. E o sabor é sempre melhor quando não é bichosa», explicou.

Também Daniel Azevedo está satisfeito com a forma como tem estado a decorrer a colheita da castanha nos seus cerca de 20 hectares de soutos. «A produção este ano é muito melhor do que no ano passado. Não é dos melhores anos, mas é um bom ano», realçou, acrescentando que a castanha da campanha actual, «além de ter menos bicho, é mais doce e mais saborosa do que a do ano passado».

Em 2014, a produção total dos castanheiros de Daniel Azevedo «não chegou a seis toneladas, foi mesmo um ano muito fraquinho». «Este ano já recolhi mais de seis toneladas, mais do que o que tive o ano passado. Portanto, deverei chegar ao fim da campanha com o dobro da produção do ano passado», acrescentou. Segundo o produtor, no ano passado «o bicho foi um problema grande».

«Este ano há uma ou outra com bichado, mas nada parecido com o ano passado», referiu, considerando que, no entanto, «alguma coisa terá de ser feita» para combater este problema, que «é complicado de controlar», sobretudo nos soutos mais velhos.

José Augusto e Daniel Azevedo são dois dos produtores que, a partir do final do dia de sexta-feira, participam na 23.ª edição da Festa da Castanha de Sernancelhe.

Até domingo, o concelho vai celebrar a castanha, durante uma festa que reúne expositores, empresas do sector, artesanato, gastronomia, restauração, animação, passeios pedestres e de BTT pelos soutos da Martaínha e pela Rota da Castanha e do Castanheiro. Os soutos do concelho de Sernancelhe estão inseridos na Denominação de Origem Protegida Soutos da Lapa.

Fonte: Lusa


Notícias Associadas:

Exportação espanhola de frutas e hortícolas para a UE cresceu 10 por cento
Festival da Abóbora da Lourinhã espera 10 mil visitantes a partir de 30 de Outubro
Organizações de Produtores são «única forma de nos aproximarmos dos países ricos»
Oliveira do Hospital plantou 22,5 ha de árvores autóctones desde 2010
Produtores de mirtilo do "Douro Verde" reúnem-se para preparar crescimento


Imprimir  Enviar a um amigo

Voltar atrás