Bem-vindo ao site da CONFAGRI
25-06-2017 21:29
Go Search
 
 

 
CE vai estabelecer requisitos sobre a qualidade da água reutilizada em toda a UE 

 

Cada pessoa utiliza aproximadamente 200 litros de água por dia. Ao mesmo tempo, a escassez de água foi reconhecida como um problema global e também, em consequência, a necessidade de estabelecer melhores práticas para gerir os recursos hídricos.

O uso sustentável dos recursos hídricos e a reutilização da água de forma segura e eficiente são uma prioridade chave do Plano de acção para a Economia Circular da União Europeia. Para promover a expansão de tecnologias seguras e eficientes de reutilização da água, a Comissão está a desenvolver requisitos comuns mínimos de qualidade para a reutilização de água na União Europeia (UE).

A escassez de água e as secas aumentou dramaticamente em toda a UE e é provável que sejam ainda mais graves e frequentes no futuro. O tratamento e a reutilização das águas residuais é uma forma de abordar a escassez de água, estender o ciclo de vida da água e preservar os recursos. Constitui um fornecimento de água alternativo fiável e eficaz, ao mesmo tempo que apresenta um grande potencial para a inovação, o crescimento e o emprego na União Europeia.  

Segundo Karmenu Vella, comissário europeu do Ambiente, Assuntos Marítimos e Pesca, «para a economia circular, o maior potencial está na reutilização de águas residuais municipais tratadas. A reutilização de água não é apenas uma ocasião para referir a questão da escassez local, mas também uma oportunidade económica que as empresas da União Europeia poderiam aproveitar ainda mais. O novo quadro que propomos promove uma utilização mais ampla e seguro desta tecnologia e protege as empresas contra a escassez de água e a volatilidade dos preços. Também cria empregos e oportunidades e evita impactos negativos no ambiente».

Para confirmar o compromisso da Comissão Europeia com políticas em matéria de água, o vice-presidente Jyrki Katainen, o comissário Karmenu Vella e o comissário europeu da Agricultura, Phil Hogan assinaram uma declaração conjunta.

Os requisitos mínimos comuns de qualidade para a reutilização de +aguas residuais tratadas beneficiariam os agricultores e as comunidades locais em toda a União Europeia. A reutilização de água proporciona um fornecimento de água fiável e flexível, já que não se vê afectada pela seca sazonal e a variabilidade climática.

A tecnologia também é capaz de cobrir os picos da procura de água. Desta forma os agricultores podem confiar na continuidade de fornecimento de água durante o período de risco, reduzindo a possibilidade de más colheitas e perdas de rendimentos. A reutilização da água também tem impacto positivo no valor da terra, já que permite aos agricultores utilizar a terra localizada em zonas com estresse hídrico. Os nutrientes existentes nas águas residuais tratadas também podem reduzir a necessidade de fertilizantes adicionais, o que resulta em economia para os agricultores.

Fonte: Agrodigital


Notícias Associadas:

Reino Unido: Theresa May promete aos agricultores manter o mesmo apoio económico até 2022
PE propõe medidas para reduzir em metade o desperdício alimentar na UE
França já tem novo Ministro da Agricultura
Cooperativas Agro-alimentarias de Espanha pede manutenção da tarifa ao mosto Argentino
Ministros da Agricultura da UE discutem situação da Peste Suína africana


Imprimir  Enviar a um amigo

Voltar atrás