Incêndios: Seia realiza ações de estabilização dos solos na Mata do Desterro

Confagri 07 Nov 2017

A Câmara Municipal de Seia, no distrito da Guarda, anunciou esta terça-feira que vai realizar, no dia 18, na Mata do Desterro, duas ações de estabilização de solos atingidos pelos incêndios dos dias 15 e 16 de outubro.

As ações para estabilização de encostas e criação de estruturas de retenção em linhas de água estão abertas à participação de voluntários, anuncia a autarquia em nota hoje enviada à agência Lusa.

«Ambas as atividades estão agendadas para o dia 18, uma durante a manhã, entre as 09:00 e as 12:00 horas, e a outra da parte da tarde, entre as 13:30 e as 16:30 horas, e estão abertas à participação de todos os que pretendam colaborar na mitigação desta tragédia, numa ação de voluntariado», adianta a fonte.

A iniciativa, que visa a minimização de fenómenos de erosão na área da Mata do Desterro, localizada na zona da Senhora do Desterro, que foi atingida pelo fogo, é organizada pelo Município de Seia, através do Serviço Municipal de Proteção Civil e do Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE).

Segundo a autarquia, as intervenções pretendem cumprir dois objetivos: «O primeiro enquanto medida de emergência de proteção dos solos e conservação dos ecossistemas e o segundo enquanto medida de sensibilização, através da demonstração prática de como atuar em áreas ardidas, em particular nas zonas de maior declive, reforçando, por outro lado, a necessidade de conservação da floresta e proteção dos solos da erosão».

A fonte lembra que «os horizontes superficiais do solo, que são os mais sensíveis e produtivos, foram os mais afetados pelo incêndio, sendo que é essencial promover a sua proteção, por serem suscetíveis ao arrastamento por ação da escorrência superficial promovida pela chuva».

Naquele dia, na Mata do Desterro, uma área florestal da EDP que está sob gestão da Câmara Municipal de Seia desde maio de 2007, serão desenvolvidas várias intervenções como a instalação de barreiras para controlar a erosão das encostas, com recurso a resíduos florestais e a troncos recolhidos no local, entre outros materiais.

O Município de Seia esclarece que a atividade agendada para o dia 18, um sábado, é limitada ao número máximo de 30 participantes, a quem aconselha o uso de botas, agasalho, impermeável, luvas de trabalho, serrote e tesoura de poda, bem como um pequeno lanche e água.

Os interessados podem fazer as inscrições na página internet da Câmara Municipal de Seia, em www.cm-seia.pt

Fonte: Lusa

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI