Incêndios: Seis concelhos de Santarém, Portalegre e Faro em risco máximo

Confagri 20 Jul 2018

Seis concelhos dos distritos de Santarém, Portalegre e Faro apresentam esta sexta-feira risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Em risco máximo de incêndio estão os concelhos de Vila Nova da Barquinha (Santarém), Gavião (Portalegre), São Brás de Alportel, Tavira, Alcoutim e Castro Marim (Faro).

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou também em risco muito elevado de incêndio 20 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Santarém, Castelo Branco e Portalegre.

Há ainda vários concelhos dos distritos de Faro, Évora, Beja, Portalegre, Santarém, Castelo Branco, Lisboa, Leiria, Guarda, Bragança, Vila Real e Viseu em risco elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o reduzido e o máximo. O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se até meio da manhã, geralmente muito nublado no litoral oeste a sul do rio Douro e interior do Alentejo e com períodos de maior nebulosidade nas restantes regiões do interior.

Está também previsto um aumento temporário de nebulosidade no interior a norte da serra da Estrela até meio da tarde, com condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoadas.

A previsão aponta também para vento fraco a moderado do quadrante norte, tornando-se moderado a forte de noroeste e com rajadas até 60 quilómetros por hora no litoral oeste e terras altas a partir do final da manhã, e soprando de sudoeste moderado na costa sul do Algarve durante a tarde. Está ainda prevista neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais e pequena subida da temperatura mínima no interior Centro e Sul.

AS temperaturas mínimas vão oscilar entre os 13 graus Celsius (na Guarda) e os 18 (em Faro e Lisboa) e as máximas entre os 23 (em Viana do Castelo, Porto e Leiria) e os 31 (em Faro, Évora, Beja e Castelo Branco).

Fonte: Lusa

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI