Na UE censo de porcos aumenta dois por cento em 2017

Confagri 05 Mar 2018

O censo total de porcos na União Europeia em dezembro de 2017, excluindo a Bulgária, ultrapassou 149,5 milhões de cabeças, mais dois por cento em relação ao período homólogo do ano passado, segundo os últimos dados do Gabinete de Estatísticas da União Europeia.

O número de reprodutoras também assinalou um aumento modesto de um por cento, para 12,1 milhões, talvez devido aos preços mais elevados dos porcos, com o que beneficiaram os produtores europeus em inícios de 2017.

Dos principais países produtores, os que contribuíram de forma significativa para o crescimento geral das reprodutoras foram a Polónia, Países Baixos e Espanha, com aumentos anuais de seis, quatro e três por cento, respetivamente.

Pelo contrário, outros produtores importantes como a Alemanha e a França apresentaram resultados estáveis. O número de reprodutoras cobertas manteve-se, apesar de um crescimento de dois por cento das fêmeas cobertas pela primeira vez.

O humilde aumento do número de reprodutoras sugere que a produção da União Europeia (UE) seja ligeiramente superior aos níveis de 2017, com maior disponibilidade de oferta no mercado. Por conseguinte, prevê-se que os preços sejam ligeiramente inferiores aos recebidos em 2017, quando houve uma redução da oferta por toda a Europa.

Em geral, em 2017 todos os países produtores aumentaram o seu censo em comparação com 2016, embora a variação fosse diferente por país. O censo de Espanha aumentou três por cento e a Polónia e Dinamarca registaram crescimentos anuais de sete e quatro por cento, respetivamente.

O número de porcos de engorda entre 20-110 quilos também subiu, uma das categorias impulsionadoras do crescimento de dois por cento no censo geral da União Europeia (UE), à semelhança dos leitões, com mais três por cento frente a dezembro de 2016, o que sugere que a produção da UE tem potencial para crescer a curto-médio prazo.

Com a continuidade do crescimento do censo é previsível que a produção se mantenha acima da de 2017.

CS

Fonte: Agrodigital

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI