Ministra preocupada com efeito de taxas alfandegárias dos EUA sobre queijo açoriano

Confagri 18 Nov 2019

Fonte: eco.sapo.pt

A ministra da Agricultura está preocupada com o efeito que as taxas alfandegárias podem ter sobre as exportações de queijo do Açores para os Estados Unidos.

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, manifestou esta segunda-feira preocupação com o impacto das taxas sobre exportações de queijo açoriano para os Estados Unidos, num encontro com o comissário europeu da tutela, Phil Hogan, em Bruxelas.

“Tive a oportunidade de chamar a atenção para o problema do agravamento das taxas aduaneiras, que advém do conflito comercial com a Airbus” que afeta “em concreto a exportação que se faz a partir dos Açores do queijo de S. Jorge” para os Estados Unidos.

A ministra adiantou ter pedido ao comissário “que haja uma posição conjunta, que garanta as melhoras condições para que esta situação possa ser ultrapassada” e não se colocar “em causa um fator tão importante para o desenvolvimento da balança comercial”.

A ministra salientou que “a exportação do queijo da ilha é bastante grande” e o agravamento, por parte de Washington “vai condicionar fortemente a atividade nas ilhas”.

Este foi o primeiro Conselho de Ministros da Agricultura da União Europeia em que participou Maria do Céu Albuquerque e o último em que Hogan representou a Comissão Europeia nesta pasta, transitando para a do Comércio no próximo executivo comunitário.

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI