Vento forte e temperaturas a chegarem aos 40º em algumas zonas do país

Confagri 30 Jul 2019

Fonte: expresso.pt/Lusa

Proteção Civil alerta para maior risco de incêndio e recomenda precaução

Os distritos de Lisboa, Leiria e Faro estão esta terça-feira sob aviso amarelo, o segundo de uma escala de quatro, por causa do vento, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). As rajadas de vento podem atingir os 80 quilómetros por hora (km/h) nas serras algarvias, em especial na Foia.

Os avisos em Lisboa e Leiria vigoram a partir das 12h e prolongam-se até às 21h, com possibilidade de rajadas de vento até aos 75 km/h, em especial no litoral e nas terras altas. Em Faro, o aviso amarelo por causa do vento já está em vigor desde as 03h.

A Proteção Civil alertou na segunda-feira para o risco de incêndio até quarta-feira, sobretudo por causa da previsão de agravamento das condições meteorológicas, com diminuição da humidade relativa e aumento da intensidade do vento e da temperatura.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) refere que, segundo as previsões fornecidas pelo IPMA, prevê-se uma subida gradual dos valores de temperatura máxima, sendo o dia de quarta-feira o que será previsivelmente mais quente, podendo ser atingidos valores de 40º C no interior do Alentejo.

Relativamente ao vento, as previsões apontam para que seja do quadrante norte/noroeste, com rotação temporária para nordeste no interior norte e centro hoje e quarta-feira, soprando com uma intensidade forte e de forma constante, podendo ocorrer rajadas até 75 km/h no Algarve (em particular na Foia e em Monchique) e até 65 km/h no litoral oeste, incluindo no período noturno.

O dia de hoje deverá ser “o mais crítico” em termos de intensidade do vento (durante o dia e noite), em particular o distrito de Faro (principalmente o barlavento algarvio) e as regiões centro e sul, podendo ocorrer rajadas até 75 km/h nos distritos de Lisboa e de Leiria.

Está igualmente prevista uma diminuição dos teores da Humidade Relativa do Ar, que não deverão exceder 20% (e 15%, pontualmente) na região sul e no interior centro e inferiores a 30% no nordeste transmontano.

Face a estas previsões, a ANEPC avisa para o aumento do risco de incêndio na quarta-feira, em especial no interior norte e centro e na região do Algarve.

A ANEPC recorda que para os locais onde o risco de incêndio seja “elevado” ou “muito elevado” não é permitida a queima de matos cortados e amontoados.

Está igualmente proibido o uso de fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural, exceto se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito, o lançamento de balões com mecha acesa e de foguetes e o uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da Câmara Municipal.

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI