Apresentação do Programa Emparcelar para Ordenar

Confagri 15 Dez 2021

Fonte: rederural.gov.pt

O Município de Castelo Branco acolheu na tarde de hoje, dia 14 de dezembro, a cerimónia de apresentação do programa “Emparcelar para Ordenar” (que pode ser visualizado aqui), uma iniciativa das Áreas Governativas da Agricultura e do Ambiente e da Ação Climática que, através de apoios à aquisição de terras para fins de emparcelamento, promove a valorização dos territórios vulneráveis. Na cerimónia participou o Diretor-Geral da DGADR, Dr. Rogério Ferreira, na qual também estiveram presentes a Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e o Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes.

O Programa Emparcelar para Ordenar visa estimular o aumento da dimensão física dos prédios rústicos e, dessa forma, dar mais escala às propriedades, contribuindo para a viabilidade e sustentabilidade económica das explorações que aí estejam instaladas ou venham a instalar-se. Introduz ainda fatores de gestão e investimento na propriedade rural, com impactos diretos positivos na resiliência dos territórios e na dinamização das atividades agroflorestais.

O Programa insere-se na “Componente 8 – Florestas”, integrada na Dimensão Resiliência do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). O Programa Emparcelar para Ordenar é também financiado por verbas do Fundo Florestal Permanente (FFP), na componente de crédito.

Podem beneficiar do apoio previsto no Programa Emparcelar para Ordenar, os proprietários adquirentes de prédios rústicos, que efetuem ações de emparcelamento rural simples ao abrigo do artigo 7.º da Lei n.º 111/2015, de 27 de agosto, em territórios vulneráveis definidos nos termos da Portaria n.º 301/2020, de 24 de dezembro, até à superfície máxima de redimensionamento fixada pela Portaria n.º 219/2016, de 9 de agosto.

Os apoios assumem a forma de subsídio a fundo perdido, até 25% das despesas elegíveis e de crédito, até ao valor de 150.000€, por beneficiário. A mesma candidatura pode acumular as duas formas de apoio, até aos limites referidos e no cumprimento dos plafonds setoriais dos auxílios de minimis definidos.

Este é um projeto de cooperação e multidisciplinar, com a gestão da Direção-Geral da Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas (IFAP), e da Direção Geral do Território DGT.

As candidaturas ao programa encontram-se abertas em https://www.ifap.pt/prr-c08-candidaturas, terminando o 1º período de candidaturas às 17h00, do dia 15/02/2022.

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI