Fitofármacos com clorprofame, anti-abrolhante para batata proibidos.

Confagri 25 Jun 2019

A Comissão Europeia decidiu a não renovação da aprovação da substância ativa clorprofame, usada em fitofármacos anti-abrolhantes para batata de consumo armazenada. Esta substância ativa inibe o desenvolvimento dos brolhos, atuando como anti-meristemático e aumentando o tempo de conservação.

A Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) explica no seu Ofício Circular 16/2019, relativo à publicação do Regulamento (UE) 2019/989 da Comissão, de 17 de junho de 2019, este entra em vigor no dia 8 de julho.

Pelo que a DGAV irá proceder ao cancelamento das autorizações de venda de produtos fitofarmacêuticos contendo clorprofame, não podendo estes ser utilizados após a data de 8 de outubro de 2020.

Na base da decisão comunitária foi comunicado que «não foi possível efetuar uma avaliação final dos riscos para o consumidor decorrentes da ingestão alimentar de produtos agrícolas tratados com produtos fitofarmacêuticos contendo clorprofame devido a várias lacunas nos dados e incertezas identificadas no que se refere às utilizações nas culturas de géneros alimentícios».

Fonte: Agricultura e Mar Actual, DGAV

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI