Ministros da UE acordam manter sete por cento para biocombustíveis de primeira geração

Confagri 20 Dez 2017

Na reunião de Conselho de Ministros de Telecomunicações, Transporte e Energia da União Europeia, celebrada segunda-feira, foi adotada a diretiva sobre a promoção da energia procedentes e fontes renováveis.

O Conselho comprometeu-se a alcançar um objetivo de pelo menos 27 por cento de energia renovável no seu consumo geral de energia para 2030. A Comissão de Energia do Parlamento Europeu (PE) do passado dia 27 de novembro elevou o objetivo de 27 para 25 por cento de renováveis em 2030.

Aumentar 14 por cento a participação dos biocombustíveis com base em culturas na combinação de energias renováveis no transporte foi bem recebido pelo Copa-Cogeca.

No setor dos transportes, os ministros acordaram o objetivo de renováveis para 2030, fixo em 14 por cento para cada Estado-membro e com o objetivo secundário de três por cento para os biocombustíveis avançados, para os quais permite-se o cálculo por dupla contagem, biocombustíveis derivados de resíduos e subprodutos, o que é rejeitado pelo Copa-Cogeca.

Para os biocombustíveis avançados há um objetivo intermédio vinculativo de um por cento em 2025 para aumentar a segurança dos investimentos e garantir a disponibilidade de combustíveis ao longo do período.

Mantém-se o limite máximo atual de sete por cento para os biocombustíveis de primeira geração, de forma a oferecer segurança aos investidores. Se um Estado-membros fixar um limite máximo inferior, será recompensado com a opção de reduzir o seu objetivo geral para as energias renováveis no setor dos transportes.

A Diretiva esclarece as normas relativas aos critérios de sustentabilidade e redução das emissões de gases com efeito de estufa, estas aplicadas aos biocombustíveis, bioliquidos e combustíveis de biomassa.

Espera-se que o PE acorde o seu mandato de negociação para esta Diretiva no início do próximo ano e o Conselho poderá começar as negociações logo de seguida.

Fonte: Agrodigital

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI