Portugal pretende estratégia integrada para os fertilizantes na União Europeia

Confagri 23 Nov 2022

Fonte: portugal.gov.pt

O Conselho de Ministros da Agricultura e Pescas da União Europeia, que decorreu em Bruxelas, debateu a disponibilidade e acessibilidade dos fertilizantes na União Europeia. No âmbito de uma comunicação da Comissão Europeia, foi discutida uma nova abordagem relativa aos fertilizantes, que permita a redução da dependência de fatores externos e a exposição a perturbações de mercado.

A Ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes, sublinha que esta abordagem está já presente nas opções assumidas por Portugal no seu Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC), que contribuirá, a médio prazo, para reduzir a dependência externa de fertilizantes. Contudo, dadas as dificuldades conjunturais que os agricultores estão a enfrentar atualmente, são necessárias iniciativas com efeitos significativos a curto prazo que permitam manter a atividade.

Maria do Céu Antunes sublinha que a situação do mercado agrícola permanece incerta, pelo que devem ser utilizadas, sempre que necessário, medidas excecionais a nível europeu: «Não devemos deixar de considerar, a prazo, a realização de compras comuns de fatores de produção», afirma Maria do Céu Antunes.  Sobre este tema Portugal subscreveu, com mais 15 Estados Membros, um documento sobre o papel essencial dos fertilizantes na segurança alimentar. 

Nesta reunião, a Comissão Europeia apresentou também uma comunicação que vem apelar à necessidade de se explorar o potencial das algas enquanto recurso renovável e sustentável. 

A Ministra da Agricultura e Alimentação destaca, neste âmbito, a possibilidade de crescimento deste setor no quadro da Economia Azul, seja do ponto de vista social, com a criação de postos de trabalho, seja do ponto de vista económico e ambiental. Sublinha ainda a relevância das algas nas indústrias farmacêuticas e de cosmética, assim como o seu potencial no setor dos fertilizantes sustentáveis, aquicultura e produção de energia. 

Maria do Céu Antunes refere também a incontornável mais-valia das algas no setor da alimentação, atendendo ao seu elevado valor nutricional, fator de especial relevância, num momento em que a população mundial ultrapassou 8 mil milhões de pessoas.

Leia a notícia aqui

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI