Portugueses confiam nos produtos “Made in Portugal”

Confagri 26 Abr 2019

Os portugueses confiam nos produtos nacionais e 85 por cento acredita que os rótulos a identificar o local de produção são um símbolo de confiança e uma garantia de qualidade e rastreabilidade dos produtos. 

A conclusão é do mais recente estudo “Barómetro Europeu Observador Cetelem Consumo”, que revela que os portugueses são os europeus que mais sentem confiança nos produtos fabricados no país, 98 por cento.

«80 por cento dos portugueses defende que a promoção de rótulo a identificar origem europeia de produtos apoiaria o consumo face a produtos de outras partes do mundo. Mais seis pontos percentuais do que a média dos 17 países», revela o estudo. Só Espanha regista uma maior percentagem de inquiridos favoráveis a esta promoção, com 84 por cento. Na República Checa 58 por cento; na Ucrânia 60 e na Noruega 63 por cento é onde se regista menor adesão.

Em média, 75 por cento dos europeus dizem que preferem produtos com proveniência europeia face a outros continentes. Portugal e Espanha revelam-se particularmente pró-europeus, com 91 pontos percentuais (p.p.) dos inquiridos em Portugal e 85 pontos em Espanha a confirmarem confiança em produtos europeus. Italianos, com 62 por cento; franceses, 69 p.p. e checos 69 por cento são os países em que menos inquiridos manifestam confiar nos bens com origem europeia.

«Romenos, portugueses e britânicos são os que mais confiam em produtos norte-americanos, 79, 74 e 73 por cento, respetivamente, ao contrário de austríacos, 35 por cento; franceses, 50 p.p. e italianos 50 por cento que figuram no fim da tabela. Na Noruega e no Reino Unido, os produtos fabricados na Ásia são os que reúnem menor percentagem de preferências, 57% e 45%; 50% e 45% para os produtos fabricados na Coreia do Sul e na China, respetivamente. Já os portugueses encontram-se acima da média europeia relativamente à confiança em produtos com origem nestes países asiáticos, com 45 e 29 por cento», diz ainda o estudo.

Rótulos reforçam confiança dos consumidores

47 por cento dos portugueses são da opinião de que existem muitos rótulos, o que contrasta com 62 por cento na média dos países europeus. Assim, os portugueses são os que mais desejariam ver os rótulos a aumentar no futuro, 85 pontos. Por outro lado, os portugueses desejam também uma melhoria na identificação dos rótulos, uma vez que pouco mais de metade dos consumidores, 57 por cento dos portugueses, os reconhecem facilmente. De resto, 73 por cento dos inquiridos em Portugal afirmam que os rótulos influenciam as escolhas de consumo, face a uma média de 66 p.p. entre os 17 países.

Fonte: vidarural

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI