INE: Aumento da produção de cereais de outono/inverno e redução na área de tomate para indústria

Confagri 22 Mai 2018

Para as áreas instaladas, com destaque para o tomate para a indústria, com -25 por cento, prevêem-se diminuições devido, essencialmente, às consequências do constante agravamento dos problemas fitossanitários, sobretudo na campanha anterior.

As previsões agrícolas publicadas pelo Instituto Nacional de Estatísticas de maio de 2018 apontam para aumentos de produtividade nos cereais de outono/inverno face à campanha anterior, devido às disponibilidades hídricas e nutricionais, com as searas a apresentarem povoamentos homogéneos e espigas bem desenvolvidas.

Para as áreas instaladas, com destaque para o tomate para a indústria, com -25 por cento, prevêem-se diminuições devido, essencialmente, às consequências do constante agravamento dos problemas fitossanitários, sobretudo na campanha anterior.

No que diz respeito à cereja, o Instituto Nacional de Estatística (INE) adianta que a floração/vingamento das variedades precoces realizou-se em condições climatéricas pouco favoráveis, prevendo-se em geral uma redução de cinco por cento no rendimento unitário.

No mês de março de 2018, o peso limpo total de gado abatido e aprovado para consumo foi de 39.244 toneladas, o que correspondeu a um acréscimo de 1,1 por cento, com um maior volume de abate de bovinos, de mais 5,7 por cento; ovinos, mais 134,9 por cento e caprinos, mais 164,6 por cento.

O volume de produção de frangos registou um total de 26.692 toneladas, o que representou um decréscimo de 3,0 por cento. A produção de ovos para consumo assinalou um aumento de 0,5 por cento, com 9.152 toneladas produzidas.

A recolha de leite de vaca foi de 168,7 mil toneladas, o que significa um acréscimo de 0,2 por cento, com uma produção total de lacticínios superior à do mês homólogo em 3,6 por cento, devido a um maior volume dos principais produtos lácteos, ou seja, do leite para consumo, com mais 2,5 por cento e dos leites acidificados, com mais 9,7 por cento.

Quanto aos preços e índices de preços agrícolas, em abril de 2018, as maiores variações em módulo no índice de preços de produtos agrícolas no produtor foram observadas nos ovinos e caprinos, mais 15,3 por cento, nos produtos hortícolas frescos, mais 8,1 por cento, na batata, -48,7 por cento e nos suínos, -7,6 por cento, segundo o Boletim Mensal de Agricultura e Pescas do Instituto Nacional de Estatísticas, 30 de abril, em anexo.

Fonte: Instituto Nacional de Estatísticas

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI