Redução de 15 por cento na produção de trigo duro e triticale

Confagri 23 Mai 2019

O Instituto Nacional de Estatística estima diminuições de produção de 10 por cento no trigo mole, cevada e aveia e de 15 por cento no trigo duro e triticale.

De acordo com o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas de maio de 2019, do Instituto Nacional de Estatística (INE), as chuvas de abril foram benéficas para o desenvolvimento das searas dos cereais de sementeira outono/inverno, particularmente por estes se encontrarem na fase de enchimento do grão.

Ainda assim, e sobretudo devido à escassa precipitação e às elevadas temperaturas do mês de março, que provocaram um espigamento precoce, não se registou um total restabelecimento da produtividade potencial, prevendo-se reduções generalizadas nos rendimentos unitários destas culturas, exceto no centeio que, sendo produzido maioritariamente no interior Norte e Centro, não foi sujeito a condições meteorológicas tão adversas.

Na cereja, o desenvolvimento inicial da floração decorreu sem problemas, prevendo-se um rendimento unitária bastante superior à média do último quinquénio, de mais 35 por cento.

O mês de abril caracterizou-se, em termos meteorológicos, como chuvoso. A precipitação média foi cerca de 40 por cento superior à normal (1971-2000), tendo este mês sido o quinto abril mais chuvoso desde 2000.

No final de abril, o teor de água no solo, em relação à capacidade de água utilizável pelas plantas, registou um aumento significativo face ao final de março, principalmente no litoral das regiões Norte e Centro. Na região Sul, em especial no Baixo Alentejo e Algarve, ainda se registaram valores inferiores a 20 por cento.

Em relação à recolha de leite de vaca, registou um total de 165,5 mil toneladas, o que indica um decréscimo de 1,9 por cento mantendo a tendência do mês anterior, (-2,2 por cento em fevereiro). A produção total e lacticínios seguiu a mesma tendência com um decréscimo de 3,1 por cento frente (-3,2 por cento em fevereiro), devido á redução da generalidade dos produtos lácteos no mês em análise.

As variações mais significativas em módulo no índice de preços de produtos agrícolas no produtor em abril de 2019 foram observadas na batata (+132,5 por cento); ovinos e caprinos (+6,8 por cento); azeite a granel (-24,2 por cento); ovos (-17,6 por cento e hortícolas frescos (-5,8 por cento).

Em comparação com o mês anterior, as variações de maior amplitude verificaram-se nos suínos, de mais 14,5 por cento; nos produtos hortícolas frescos, de -0,8 por cento e nos ovos, com -7,9 por cento, segundo o Boletim Mensal de Agricultura e Pescas em 30 de abril.

Fonte: INE

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI