Ajuda do POSEI aos produtores de banana dos Açores aumenta 30 por cento

Confagri 30 Mai 2019

Os produtores de banana nos Açores terão este ano um acréscimo de 30 por cento no valor da ajuda no âmbito do POSEI. O secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou esta quinta-feira, 30 de maio, em São Miguel, que será paga no final de junho a ajuda do POSEI relativa à produção de banana em 2018, cujo montante global será o maior de sempre.

«Isto acontece porque em 2018 a dotação da ajuda foi reforçada em relação a 2017 e a produção registada cresceu cerca de 20 por cento», afirmou João Ponte, adiantando que «o valor da ajuda relativo à produção de 2018 que será pago no final de junho será de 46 cêntimos, o que significa um acréscimo de 30 por cento em relação ao valor pago no ano anterior, apesar de ficar ainda aquém do valor da ajuda prevista no POSEI».

O governante, que falava à margem da visita a um produtor de banana no concelho de Vila Franca do Campo, sustentou que 2018 foi um bom ano de produção de banana, acrescentando que, só nos últimos quatro anos, o crescimento da área de cultivo deste fruto, comercializado interna e externamente, foi superior a oito por cento.

«Este ano, a produção deverá ser menor devido à seca registada na Região em 2018, com consequências no ciclo de produção do fruto, mas tem-se verificado uma subida do preço pago ao produtor e, logo, uma maior valorização da produção», frisou o Secretário Regional.

João Ponte assegurou que o Governo dos Açores vai continuar a garantir, no âmbito do POSEI, as dotações necessárias com vista à ajuda a esta produção, salientando que este ano foram já introduzidas melhorias, como a repartição do pagamento da ajuda em dois semestres e novos critérios de atribuição, com o intuito de reforçar os critérios de equidade e de justiça na repartição dos apoios públicos.

O responsável revelou que a portaria em vigor, que regula a atribuição da ajuda à banana, será revista de modo a permitir que todos os produtores recebem o apoio, apesar das respetivas organizações de produtores não estarem ainda reconhecidas, pois, se assim não fosse, um conjunto de produtores ficariam penalizados.

Fonte: Agricultura e Mar Actual

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI