Chamusca vai ter central de biomassa. Vai custar nove milhões de euros

Confagri 05 Jan 2018

A cidade da Chamusca, no distrito de Santarém, vai acolher uma central de biomassa de 3MW, num investimento avaliado em nove milhões de euros. O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara da Chamusca, através do Linkedin, que antecipa que esta unidade esteja concluída num prazo de dois anos e meio.

A unidade irá localizar-se no Eco Parque do Relvão dentro de dois anos e meio, sendo que a maior parcela do investimento será financiada por fundos comunitários. Do total de nove milhões de euros de investimento, cinco terão origem em fundos comunitários.

Quando concluída, esta unidade irá usar 35 mil toneladas de biomassa residual que serão canalizadas para produção de energia. A central irá receber não só a biomassa residual florestal, mas também resíduos agrícolas, provenientes de podas de vinhas, por exemplo, e resíduos verdes das podas municipais. A energia produzida por esta unidade será incorporada na rede portuguesa, e vendida a preço de mercado.

Fonte: ECO

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI