Incêndios: Prazo para candidaturas dos agricultores de Monchique prolongado até 30 de novembro

Confagri 31 Out 2018

O Governo anunciou esta terça-feira que vai prorrogar novamente, por mais 30 dias, o prazo para as candidaturas aos apoios pelos prejuízos causados aos agricultores no incêndio de Monchique.

Este é o terceiro adiamento, depois de o prazo ter sido fixado inicialmente a 30 de setembro e depois adiado para 30 de outubro. O Ministério da Agricultura volta a justificar a decisão com «novos pedidos de prorrogação do prazo apresentados pela Câmara Municipal de Monchique, pela Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Algarve e pela Cooperativa dos Agricultores de Monchique».

Os agricultores podem agora apresentar as suas candidaturas até ao dia 30 de novembro, lê-se no comunicado do Ministério. Em causa estão cinco milhões de euros para restabelecer o potencial produtivo, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020, que apoia financeiramente a fundo perdido a reposição de animais, culturas permanentes, máquinas e equipamentos agrícolas, armazéns e outras infraestruturas de apoio à atividade agrícola.

O Ministério da Agricultura reitera que o montante «será reforçado caso se revele necessário, para dar resposta a prejuízos de todos os agricultores das freguesias afetadas pelo incêndio que apresentem candidaturas».

As freguesias afetadas são Monchique e Alferce (concelho de Monchique), Sabóia e São Teotónio (Odemira), Meixilhoeira Grande e Portimão (Portimão) e São Bartolomeu de Messines, São Marcos da Serra e Silves (Silves).

São elegíveis os investimentos a partir de 100 euros e até 800 mil, com níveis de apoio distribuídos da seguinte forma: 100 por cento até 5.000 euros, 85 por cento entre 5.001 e 50.000 euros e 50 por cento entre 50.001 e 800.000 euros.

O incêndio rural, combatido por mais de mil operacionais e considerado dominado no dia 10 de agosto, deflagrou no dia três à tarde, em Monchique, no distrito de Faro, e atingiu também o concelho vizinho de Silves, depois de ter afetado, com menor impacto, os municípios de Portimão, no mesmo distrito e de Odemira, distrito de Beja.

Em anexo: Comunicado

Fonte: Lusa, portugal.gov.pt

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI