Exportações de vinho já ultrapassam os 800 milhões de euros

Confagri 05 Fev 2019

As exportações globais do setor geraram cerca de 806 milhões de euros em 2018, mais três por cento face a 2017, segundo o estudo Setores “Vinho” publicado pela consultora Informa D&B. Vinho do Porto contribuiu com 40 por cento das exportações que têm a União Europeia como principal destino das vendas no exterior.

As exportações globais do setor geraram cerca de 806 milhões de euros em 2018, o que representa um crescimento homólogo de três por cento, revela a Informa D&B. Segundo o estudo sectorial desta consultora, o superavit comercial com o exterior cresceu ligeiramente, passando de 643 milhões de euros em 2017 para 648 milhões em 2018.

«As exportações globais do setor geraram cerca de 806 milhões de euros em 2018, o que supôs cerca de mais três por cento do que em 2017», avança a Informa D&B, dando conta de um crescimento de cinco milhões de euros no superavit comercial com o exterior, no período em análise, «apesar do notável crescimento neste último ano das importações, mais 15,3 por cento.

Cerca de 43 por cento das exportações totais em valor correspondem a vinho licoroso, nomeadamente o vinho do Porto, com uma participação de 40 por cento sobre o valor total. Relativamente aos países de destino, cerca de 60 por cento das vendas no exterior destinam-se à União Europeia (UE), mantendo-se França e Reino Unido como os principais mercados. Entre os destinos extracomunitários mais importantes encontram-se os Estados Unidos, Brasil, Canadá e Angola.

O estudo Setores “Vinho”, divulgado nesta terça-feira, 5 de fevereiro, assinala ainda que o volume de produção provisório de vinho na campanha 2018/2019 baixou para 5,3 milhões de hectolitros, cerca de menos 20 por cento que na campanha anterior, na qual se registara um aumento de 11,9 por cento.

De acordo com a consultora Informa D&B, a região de Douro/Porto é a que gera um maior volume, de 21,5 por cento do total na campanha 2017/2018, à frente de Lisboa, 18 por cento, Minho e Alentejo, com 14 por cento cada uma delas, e Beiras, com 12 por cento.

Fonte: jornaleconómico

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI