Famílias angolanas afetadas pela seca vão receber formação agrícola

Confagri 24 Abr 2019

Cerca de 70 mil famílias de agricultores da província angolana de Cuando Cubango, afetadas pela seca, vão receber formação técnica para aprenderem a desenvolver uma agricultura sustentável. De acordo com o Jornal de Angola, a notícia foi avançada pelo secretário de Estado para a Ação Social, Lúcio do Amaral.

De acordo com o Governo angolano, este programa de formação arranca ainda este ano e estará a cargo do Ministério da Ação Social, Família e Promoção da Mulher, em parceria com os ministérios da Agricultura e Pescas, com a criação de escolas de campo.

Para além disso, as populações das regiões afetadas pela seca vão beneficiar de ajuda alimentar e de apoios agrícolas. A vice-governadora do Cuando Cubango para o setor Económico, Político e Social, Sara Luísa Mateus, já revelou também que nesta província angolana os administradores municipais irão distribuir terras para a agricultura, sem avançar, no entanto, quantos hectares.

«Temos de fazer alguma coisa, não podemos viver só de ajuda de bens alimentares. O Governo do Cuando Cubango vai continuar a procurar zonas baixas ao longo dos rios para que possam ser entregues às famílias de agricultores para o desenvolvimento de uma agricultura sustentável», defendeu.

Fonte: vidarural

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI