Governo proíbe queimadas até domingo devido a risco de incêndio florestal

Confagri 27 Mar 2019

O Governo proibiu a realização de queimadas em todo o território nacional desde as 00H00 desta quarta-feira, uma vez que as previsões meteorológicas apontam para um «agravamento do risco de incêndio florestal» no país.

Os ministros da Administração Interna e da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural assinaram na terça-feira o despacho que determina a Declaração da Situação de Alerta.

O despacho proíbe a «realização de queimadas, de queimas de sobrantes de explorações agrícolas e florestais e de ações de gestão de combustível com recurso à utilização de fogo», refere em comunicado o Ministério da Administração Interna.

O documento acrescenta que no âmbito da Declaração da Situação de Alerta serão ainda implementadas as medidas de caráter excecional de dispensa dos trabalhadores dos setores público e privado «que desempenhem cumulativamente as funções de bombeiro voluntário”», bem como a «elevação do grau de prontidão e resposta operacional» por parte da GNR e da PSP, com reforço de meios.

Esta situação de alerta abrange todos os distritos do continente entre as 00H00 de hoje, 27 de março e as 23H59 de domingo, dia 31 de março.

Em anexo: Comunicado

Fonte: Lusa; portugal.gov.pt

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI