#MeattheFacts: A Voz da Pecuária Europeia que se propõe equilibrar o debate em torno da produção animal

Confagri 26 Set 2019

O setor pecuário está hoje no epicentro dos debates públicos na Europa e do Mundo, debates esses que acabaram dominados por grupos de interesse que apenas pretendem espalhar mitos e visões radicais sobre a pecuária. Estes mitos e opiniões, ampliados nas redes sociais e na comunicação social, criam uma imagem que contrasta fortemente com a realidade sentida e vivida diariamente por milhares de agricultores europeus e por muitos profissionais que os apoiam nas suas explorações agrícolas. Estes debates têm grandes impactos na opinião dos consumidores europeus sobre o papel dos produtores pecuários e nas escolhas dos seus estilos de vida, empurrando o setor pecuário para um canto da sociedade extremamente defensivo. Tudo isso afeta negativamente os modelos de criação de gado da UE e o seu quadro político, aumentando os desafios que as nossas comunidades rurais enfrentam para garantir sua viabilidade económica, a renovação geracional e a sua capacidade de se adaptar aos novos requisitos sociais e ambientais.

Neste contexto, e pela primeira vez a nível da UE, mais de uma dúzia de organizações pecuárias uniram-se para tomar medidas conjuntas com o objectivo de salientar o outro lado da história, necessário para restaurar o equilíbrio e disponibilizar informações factuais quer sobre o impacto quer sobre a contribuição do setor pecuário europeu. Com esse objetivo em mente, a European Livestock Voice desenvolveu o seu próprio canal de informação, um portal on-line que analisa a precisão das declarações mais frequentes sobre produção, consumo e seus benefícios:

NÃO – 1kg de carne bovina não requer 15.000L de água potável para ser produzido

SIM – O tamanho médio das explorações pecuárias na Europa é inferior a 50 hectares e a Europa continua a ser um modelo de agricultura familiar

NÃO – O uso da terra para alimentação animal não compete necessariamente com o uso para alimentação humana

SIM – Os agricultores europeus cuidam de seus animais, pois é esse o seu interesse.

Estamos convencidos de que o modelo de criação de gado da UE, baseado em estruturas agrícolas locais e familiares diversificadas, é a espinha dorsal das áreas rurais da Europa. Apoia um grande número de empregos e indústrias, contribui para a abordagem circular na bioeconomia europeia, ao mesmo tempo que garante um fornecimento constante e acessível de alimentos suficientes, seguros e nutritivos, além de muitos outros produtos e subprodutos necessários para o estilo de vida saudável da Europa e para as suas Indústrias e Culturas Criativas. A remoção da pecuária da Europa, uma ” Livestock Exit “, teria graves consequências. A Europa sem gado perderia pastagens essenciais, enfrentaria um aumento dos incêndios rurais, faltariam fertilizantes orgânicos, energia verde e muitas outras matérias-primas essenciais, dessa forma contribuindo para um aumento do abandono das zonas e comunidades rurais. Ao mesmo tempo, isso significaria a necessidade de depender de importações de produtos de origem animal, com menos controle sobre os padrões de produção e o aumento da procura por materiais baseados em combustíveis fósseis.

Para apoiar o lançamento desta iniciativa, dois novos deputados, bem como os criadores de gado, Alexander Bernhuber (EPP, AT) e Jérémy Decerle (Renew Europe, FR) decidiram liderar o debate no novo Parlamento Europeu, organizando o evento de lançamento da plataforma em Bruxelas.

Para o deputado Alexander Bernhuber, a situação é clara: “O debate de hoje sobre a pecuária é mantido com frequência por falta de conhecimento da sociedade. As diferenças entre consumidores e produtores é cada vez maior. Os agricultores europeus produzem sob os mais altos padrões de bem-estar animal do mundo. Atualmente o desafio é usar vários canais de informação para comunicar ao consumidor o trabalho essencial de nossos agricultores. A European Livestock Voice criou uma plataforma importante para esclarecer a questão e combater a desinformação a nível europeu. É importante divulgar na comunicação social os conhecimentos baseados em fatos sobre a pecuária. Por isso, apoio fortemente esta iniciativa.”

Por seu lado, o eurodeputado Jérémy Decerle, comentando a iniciativa, afirmou que “Enquanto criador de vacas charolesas, mas também como deputado ao Parlamento Europeu (COM AGRI), só posso congratular-me com o lançamento de uma plataforma europeia, especificamente dedicada a pecuária. Pode ajudar a dissipar algumas ideias preconcebidas sobre essa profissão e trazer um pouco de pragmatismo aos debates. Numa época em que os europeus querem comer alimentos mais saudáveis e locais, mas também preservar o meio ambiente, os agricultores podem ser parte da solução e não do problema, e a construção de soluções começa com uma visão abrangente e racional da situação.”

Por seu lado, a eurodeputada Clara Eugenia Aguilera García, afirmou que “Esta iniciativa é um sinal positivo que nos ajuda no Parlamento Europeu o trabalho de defender o setor pecuário da UE. A comunidade pecuária europeia trabalha muito para garantir a qualidade, sustentabilidade, a saúde e bem-estar animal. Tal deve ser reconhecido, mantendo condições equitativas. Dado o número cada vez maior de equívocos, é necessário mais trabalho para restaurar uma discussão construtiva e racional em torno de um setor tão importante para nossas áreas rurais, nosso ambiente e nosso futuro “.

Aceda Meatthefacts

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI