Ministro da Economia destaca desempenho do setor agroalimentar nas exportações

Confagri 25 Fev 2019

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, destacou esta segunda-feira o desempenho do setor agroalimentar nas exportações portuguesas, sublinhando a aposta das empresas na diversificação dos países de destino.

«O agroalimentar é o terceiro setor exportador, ainda no ano passado batemos o recorde de exportações a este nível», disse o ministro na inauguração do Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas – SISAB Portugal 2019, que decorre em Lisboa.

Para o governante, o certame, que vai na 24.ª edição, estabeleceu-se como uma «montra de referência» de Portugal para o mundo. «Temos neste momento compradores de 130 países diferentes presentes nesta edição. E isto é um contributo muito importante para o setor», destacou aos jornalistas.

Segundo Pedro Siza Vieira, todos os expositores que visitou esta manhã preveem a continuação de «um ano muito bom em termos de exportações». «Os vinhos, por exemplo, já demonstraram em janeiro crescimentos notáveis. São muito boas notícias. No setor agroalimentar as exportações crescem a um ritmo superior ao das importações e o défice da balança comercial tem vindo a reduzir muito significativamente», disse. Entre 2010 e 2018, as exportações cresceram 56 por cento, sinalizou ainda o governante.

«As nossas exportações continuam a crescer, as nossas empresas estão mais competitivas, têm mais capacidade de afirmar os seus produtos no exterior. Tem sido feito um esforço de diversificação muito grande dos mercados, o vinho nos Estados Unidos da América (EUA), a carne de porco para a República Popular da China. Só este ano a partir do zero vamos atingir 100 milhões de euros de exportações de carne de porco para a China», exemplificou.

Também no setor do turismo, continuou, Portugal está a crescer em mercados que não tinham praticamente expressão país. «Uma economia mais exportadora tem que se abrir ao mundo e temos muito que oferecer ao mundo», concluiu.

De acordo com os dados divulgados no início do mês pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), as exportações e as importações de bens aumentaram 5,3 e 8,0 por cento em 2018, desacelerando face às subidas de 2017, e o défice comercial agravou-se para 17.130 milhões de euros. Em 2017, as exportações e importações de bens tinham subido 10 e 13,1 por cento, respetivamente.

Fonte: Diário de Notícias

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI