Phil Hogan volta a reiterar que Comunicação sobre a PAC não defende a renacionalização

Confagri 30 Jan 2018

Na reunião de ontem do Conselho de Ministros de Agricultura da União Europeia o debate centrou-se na Comunicação da Comissão sobre a Política Agrícola Comum pós 2020.

Todos os ministros mostraram uma posição favorável em manter a Política Agrícola Comum (PAC) como benefício global para a sociedade, já que assegura aos consumidores comunitários um fornecimento de alimentos com elevados padrões enquanto garante rendimentos aos agricultores.

O debate sobre a PAC foi aberto ao público e assim serão todos os futuros debates sobre este tema. O comissário europeu da Agricultura, Phil Hogan, reiterou que a sua comunicação não defende a renacionalização, tema que voltou à discussão na reunião do Conselho, mas pela subsidiariedade, ideia com a qual 26 dos 28 Estados-membros concordaram. Phil Hogan espera que as próximas reuniões possam entrar num debate com «mais substância», embora não seja possível entrar em detalhe até conhecer o quadro financeiro com o qual se conta, informação apenas disponível em finais de Maio próximo.

O comissário responsável pela Agricultura adiantou que a presidência húngara vai criar grupos de trabalho para começar a definir como poderá ser aplicação desta nova normativa, mas o texto não estará completo antes de junho. Também assegurou que os agricultores e produtores de animais vão notar realmente que se trata de uma PAC muito mais simplificada.

Em relação à situação do mercado do açúcar, Hogan assinalou que os produtores têm que interpretar os sinais de mercado e regular a sua produção, lembrando que para isso foi criado o Observatório de Açúcar.

No setor do leite, o responsável qualificou 2017 como «um ano excelente» pela recuperação dos preços do leite a nível da União Europeia (UE), referindo que os preços subiram, em especial, na Irlanda, Polónia e Países Baixos, mas também em grandes produtores como a França e a Alemanha. Na questão do problema das elevadas existências de leite desnatado em pó na intervenção, 370 mil toneladas, espera-se começar a dar-lhe saída. Também lembrou que, tal como no setor do açúcar, os produtores devem vigiar a sua produção.

No caso do setor da carne de porco, Hogan considera que também foi um ano positivo, apesar da redução das exportações em 2017 comparativamente a 2016, mencionando ainda o surto de Peste Suína Africana.

Por último, acerca das negociações com Mercosul, o comissário apenas referiu que o setor estava concentrado no setor de gado bovino, quando também havia outros setores sensíveis assim como das Denominações de Origem.

Fonte: Agrodigital

PAC
Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI