Tecnologia portuguesa quer prever pragas e doenças na vinha

Confagri 16 Abr 2019

A empresa nacional Signinum Inovação criou uma tecnologia multiespectral que permite controlar pragas e antever doenças nas vinhas. De acordo com a empresa, que já recebeu mais de 2,5 milhões de euros de financiamento, trata-se de uma solução de «imagem espectral não-destrutiva e que pode ser utilizada em diferentes amostras, desde plantas de reduzida dimensão até áreas de cultivo extensas».

A solução acaba de ganhar mais um projeto do Portugal 2020, com a atribuição de 800 mil euros para investir na tecnologia que permite controlar pragas e antever doenças nas vinhas.

«A utilização desta tecnologia permite, em tempo real, controlar e antever problemas como carências nutricionais, pragas, doenças e stress hídrico das culturas», diz ainda a empresa. A startup está incubada na UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto e está agora a trabalhar com produtores de Vinho Verde para testar a tecnologia.

«Com esta solução, os produtores conseguem monitorizar a cultura da vinha em tempo real e tomar decisões fundamentas. Para nós, trabalhar diretamente com os produtores ajuda-nos a perceber as suas necessidades, o que nos permite ajustar a tecnologia», explica Carlos Aguiar, Diretor da Signinum Inovação.

Fonte: vidarural

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI