Exportação de bovinos para engorda e abate para o Egito tem novas regras sanitárias

Confagri 12 Abr 2018

A Direção-Geral de Alimentação e Veterinária informa que foram alteradas as condições sanitárias para exportação para o Egito de bovinos para engorda e para abate provenientes de Portugal.

É assim possível a exportação dos animais em causa em conformidade com as novas condições acordadas, cumprindo-se os restantes requisitos sanitários exigidos pelos Serviços Veterinários Oficiais Egípcios, a atestar em certificação oficial pelas Direções de Serviços de Alimentação e Veterinária Regionais/Regiões Autónomas (DRAVR/RA).

A certificação sanitária para exportação para o Egito de bovinos para engorda e abate provenientes de Portugal foi acordada entre os dois países em Agosto de 2016.

No entanto e «após discussão com o Egito em relação ao peso máximo dos animais para engorda e à possibilidade de estarem vacinados os animais para abate, foi estabelecida nova certificação para o efeito», refere fonte da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV).

A Direcção adianta que se mantém a exigência da deslocação prévia de uma Delegação Egípcia Veterinária a Portugal por cada remessa de animais a exportar.

Fonte: Agricultura e Mar Actual

 

Balcão Verde

Balcão de Atendimento aos Agricultores.
Com o RURALSIMPLEX é possível junto das estruturas locais - Cooperativas Agrícolas, Caixas de Crédito Agrícola, Associações de Agricultores e outras entidades com o protocolo específico agrupadas na CONFAGRI - atender Agricultores e prestar-lhes serviços de qualidade.

Aceder ao Balcão Verde Acesso reservado
Newsletter e Alertas

Receba alertas das notícias que mais interessam no setor agrícola: Legislação, Programas e Incentivos, Formação Profissional, Produtos e Iniciativas, Cooperativismo e todas as novidades relacionadas com a sua atividade profissional. Subscreva a newsletter CONFAGRI